Hidrelétrica Jirau

O consórcio liderado pela Odebrecht entrou com recurso administrativo na Aneel para anular o leilão da Hidrelétrica Jirau, no rio Madeira, do qual saiu derrotado. A mudança da localização do projeto de Jirau, pretendida pela Suez, levaria a usina 12,5 quilômetros rio abaixo. Fonte: Folha de S. Paulo

Cachoeira do Jirau no Rio Madeira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mineração e desmatamento na Amazônia: consequências de uma política de destruição e o exemplo da mineradora Belo Sun

O Cordel da Energia

Belo Monte: vazão do rio Xingu não dá para operar as turbinas