Postagens

Mostrando postagens de Março, 2022

O Chile reconhece os direitos da Natureza

Imagem
Imagem: Kickante A sociedade começa a reconhecer que a Natureza tem direitos. O Chile acabou de incluir os direitos da Natureza na sua Constituição. Em 2016, o procurador do MPF, Felicio de Araújo Pontes Jr. já mencionava, numa das ações civis públicas contra Belo Monte, " A Natureza como sujeito de direitos". Em 2020 lançou o tema num texto em parceria com Lucivaldo Vasconcelos Barros. (Telma Monteiro) O Chile reconhece os direitos da Natureza  (postado por LatinoAmérica21) ALBERTO ACOSTA Após uma longa disputa,  a Convenção Constituinte do Chile aprovou os Direitos da Natureza . O artigo 9 reconhece que “os indivíduos e os povos são interdependentes com a Natureza e formam um todo inseparável. E mais especificamente afirma que “a natureza tem direitos e que o Estado e a sociedade têm o dever de protegê-los e respeitá-los”. O exemplo chileno é uma expressão do fato de que o mundo está avançando na discussão sobre os Direitos da Natureza. A razão é simples, a realidade não po