Vale e Flamengo: o mesmo descaso com a vida

Foto: O Globo





Foto: NSC Total
Telma Monteiro
Os objetivos da Vale e do Flamengo se igualam: vender a riqueza que este país detém, seja ela vinda da mineração, seja ela vinda dos filhos da pobreza dos rincões.
A Vale e o Flamengo são duas empresas. A primeira produz commodities minerais e a segunda produz commodities humanas. Ambas comercializam aquilo que extraem, seja da terra, seja da sociedade.

O Clube de Regatas Flamengo é um produtor de atletas do futebol que serão vendidos a peso de ouro aos clubes internacionais. No entanto, enquanto eles são apenas promessas, o tratamento é miserável, como aquele que vimos nas imagens da tragédia provocada pelo incêndio, descaso criminoso, que matou dez adolescentes. Promessas do futebol que viraram cinzas. Assim como Brumadinho virou lama.

Enquanto isso um aparato milionário foi construído na sede do Flamengo para acolher aqueles que já são profissionais. Suítes similares às de hotel cinco estrelas para os que já passaram (e tiveram sorte de sobreviver) pelos mesmos riscos dos jovens mortos. Perguntei-me se alguma vez algum profissional, formatado ali, naqueles “alojamentos”, já denunciara a falta de humanidade com que o Flamengo o manteve até ser absorvido pelo mercado.

Os adolescentes mortos viam como única oportunidade o sucesso no gramado, espelhados nos grandes craques milionários que o Brasil tem exportado para o mundo. Mundo que não daria para alcançar sem se submeter às agruras impostas pelos clubes que formam e lapidam seu produto à custa do sacrifício e da esperança.

Não sou especialista em futebol, mas gosto do esporte e o assassinato em massa provocado pelo descaso com a vida daqueles garotos despertou em mim o mesmo sentimento de revolta que tive com o assassinato em massa que a Vale provocou em Brumadinho e em Mariana. Não me iludo.

Agora sei que as empresas disfarçadas em clubes de futebol visam o lucro da comercialização de futuros craques sem se preocupar com a necessidade de um ambiente saudável e seguro para formá-los. Empresas de mineração como a Vale colocam em risco as vidas de centenas de pessoas, e saem impunes com a justificativa de que o mal da mineração é o bem do Brasil.

Os objetivos da Vale e do Flamengo se igualam: vender a riqueza que este país detém, seja ela vinda da mineração, seja ela vinda dos filhos da pobreza dos rincões.

Comentários

  1. O MESMO ACONTECE COM "MINÉRIOS E ELETRICIDADE: VEJA....................https://ribeirinhodefurnas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. I'm appreciate your writing skill. Please keep on working hard. Thanks for sharing.
    clipping path

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ferrogrão: consolidando a invasão da Amazônia – Parte 1

Amazon dam defeats Brazil’s environment agency (commentary)

Belo Monte, Mariana e Brumadinho